• RELATÓRIO ANUAL 2020

  • Socorro na pandemia

    Foto: João Felix

     

    A minha voz ainda ecoa

    versos perplexos com

    rimas de sangue e fome.

     

    CONCEIÇÃO EVARISTO

    Segundo a ONU, em estudo publicado este ano sobre 2019, existem mais de 690 milhões de pessoas passando fome no mundo. Esses números, embora já absurdos, não contabilizam os impactos da pandemia de Covid-19. No Rio de Janeiro, por exemplo, vimos uma multidão de trabalhadoras e trabalhadores sendo empurrados à condição de famélicos. Por isso, temos muito orgulho de estar na luta com todas e todos que participaram da distribuição de cestas básicas em favelas e periferias durante o pico da pandemia.

     

    Sabemos que foram muitas as organizações envolvidas e não conseguiríamos citar todas elas. Escolhemos destacar, simbolicamente, algumas para registrar nosso reconhecimento e importância desse ato de solidariedade e responsabilidade com a vida da população fluminense.